A primeira linha de produtos desenvolvida pela Poytara foi a Linha Peixes. Em 2014 a reapresentamos com várias novidades. Na Nova Linha Peixes 2014, desenvolvemos as novas embalagens, as novas tampas com sistema de abertura, mudamos a identidade visual de nossos produtos, criamos mais produtos especiais, como os de bem estar, guppy e marinhos, e desenvolvemos muitos outros alimentos para complementar as categorias da linha comercial existente.

Mas é claro que as mudanças não pararam por aí - reformulamos também os alimentos já existentes, incluímos muito mais ingredientes nobres em suas composições e fomos além, aumentamos a umidade e, com isso, passamos a ser a primeira empresa no Brasil a oferecer produtos extrusados semiúmidos para peixes ornamentais e, assim, trouxemos como novas características dos nossos alimentos maiores atratividade, palatabilidade e digestibilidade, e o principal: tudo isso sem utilizarmos compostos artificiais e afins.

Entre tantas novidades, é interessante ressaltar que não utilizamos corantes artificias em nenhum de nossos produtos, aspecto positivo do qual resultam especiais benefícios, diretos e indiretos - isso contribui para que a água nos aquários fique mais cristalina, bem como favorece a manutenção do sistema digestório dos peixes, que passa a funcionar somente na assimilação da dieta e não precisa metabolizar compostos indesejáveis.

Todo o sistema de proteção de nossos produtos contra a oxidação, contra a presença de microorganismos e outros inconvenientes foi reestruturado para que possamos ter máximo controle sobre a qualidade de nossos alimentos. Todos os aditivos que utilizamos são 100% naturais, com destaque para o nosso aditivo antioxidante, composto por extrato de alecrim e vitamina E.

Mais aditivos foram incorporados aos nossos produtos, entre os quais o extrato de yucca, presente em todas as nossas formulas, e que entre outras funcionalidades, também é um redutor de estresse. Mais do que nunca, a Poytara é da natureza para a natureza Vivá.

Mantemos invariavelmente toda a nossa atenção e cuidado na preservação dos conceitos que sempre priorizamos e adotamos como corretos para o desenvolvimento dos nossos alimentos. Intensificamos a implementação do conceito de proteína ideal nos nossos produtos e ampliamos nossas parcerias com universidades que alicerçam cientificamente o nosso trabalho. Nossos produtos não contém elevados níveis proteicos e não concordamos com a preconização deste princípio para o desenvolvimento de alimentos para peixes ornamentais, já que o excesso de proteína pode resultar em problemas metabólicos e fisiológicos aos nossos animais. O fígado é o primeiro órgão afetado por índices altos deste nutriente.

Além disso, níveis de proteína que se apresentam acima da exigência das espécies resultam em diminuição da digestibilidade e das taxas de crescimento dos animais. Alta concentração de proteínas, além dos males diretos que provoca no organismo dos peixes, ainda favorece a instabilidade dos parâmetros de água devido aos elevados níveis de compostos nitrogenados derivados da excreção deste excesso, que não é metabolizada pelos peixes. O que se deve considerar essencialmente na formulação dos alimentos é o valor proteico associado ao perfil de aminoácidos e este é o cuidado que temos na elaboração de nossas formulações. Desta forma, elaboramos alimentos que aproveitam ao máximo este nutriente.

Alimentos hiperproteicos normalmente utilizam elevadas taxas de farinha de peixes. Embora reconheçamos o valor de ingredientes derivados de peixes, e os utilizemos em nossos alimentos, também sabemos que devemos ter critério para analisar a fonte de fornecimento deste tipo de ingrediente, tanto pelo aspecto sanitário quanto pelo impacto ambiental que este insumo provoca em algumas regiões do Planeta, visto que é oriundo do extrativismo.

Essa é a essência da nossa Linha Peixes 2014. Mais novidades virão. Aproveite nossos alimentos e, caso tenha qualquer dúvida, entre em contato com a Poytara. Inicie o estreitamento desta relação com a leitura do QR-code de seu produto.